Ruy de Carvalho
Categoria: Prémio Carreira

96 anos de idade, 80 como ator, sempre com muito amor pelo teatro e pela vida! Nasceu em Lisboa a 1 de Março de 1927.

Ator de primeira linha da sua geração, fundou, em 1961, o Teatro Moderno de Lisboa, grupo teatral que passou a integrar.

A sua atividade artística estendeu-se igualmente à rádio e à televisão, tendo sido o primeiro ator a representar na RTP, com o  “Monólogo do Vaqueiro”(1957). Para além de ter sido um dos atores que mais teatro fez na televisão, foi também dos primeiros atores a fazer telenovelas, como “Vila Faia”(1982) e “Origens”(1983).

No cinema, estreou-se em 1951, com o filme “Eram 200 Irmãos”, mas foi nos anos 60 que o seu trabalho se tornou mais relevante nesse campo.

Ver site
88,9%
classificação global

Ruy de Carvalho tirou o curso comercial, na Escola Nacional, iniciando-se no teatro, como amador, em 1942, no Grupo da Mocidade Portuguesa, com a peça “O Jogo para o Natal de Cristo”, com encenação de  Franciso Ribeiro, Ribeirinho.

Concluiu o Conservatório Nacional e estreou-se profissionalmente em 1947, no Teatro Nacional na comédia “Rapazes de Hoje”.

Em 1950, ficou conhecido pela sua interpretação de Eric Birling em “Está lá Fora um Inspector”, de Priestley (1951). Nesse mesmo ano ingressou no Teatro do Povo (mais tarde Teatro Nacional Popular), onde faria todas as temporadas de Verão, sob a direção de Ribeirinho, até 1958.

Ruy de Carvalho emprestou a sua voz, diversas vezes, ao cinema e à publicidade, participando também em numerosos teatros radiofónicos e dobragem de desenhos animados.

Foi Conselheiro das Ordens Militares, entre 2006 e 2011, por nomeação do Presidente da República, Cavaco Silva.

ORDENS HONORÍFICAS

  • Comendador da Ordem do Infante D. Henrique (9 de junho de 1993)[6]
  • Comendador da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada (27 de fevereiro de 1998)[6]
  • Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada (26 de março de 2010)[6]
  • Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique (30 de outubro de 2012)[6]
  • Grã-Cruz da Ordem do Mérito (1 de março de 2017)[6]
  • Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada (1 de março de 2022)[6]

MEDALHAS

  • Medalha de Mérito Cultural (27 de março de 1990)[7]

PRÉMIOS

  • Três Globos de Ouro- Carreira, Melhor Actor de Teatro e Melhor Actor de Ficção.
  • É Doutor Honoris Causa pela Universidade de Évora. Foi, juntamente com Eunice Munoz, o primeiro actor a receber um título destes.
  • Prémio Sophia (2017) Cinema
  • Prémio da Lusofonia – Prémio Carreira (2017)

Coloque aqui o seu E-mail para subscrever a newsletter Notícias Cinco-Estrelas

Quero receber as Notícias Cinco Estrelas

 

dates direct to your inbox.

Quero receber as Notícias Cinco Estrelas